Logo
Virou notícia, virou Tag!

Gianecchini se defende após ser detonado por declaração no “Conversa com Bial”

Facebook
Twitter
LinkedIn
Reynaldo Gianecchini se defende após ser detonado por declaração sobre comunidade LGBTQIAP+
Reynaldo Gianecchini se defende após ser detonado por declaração sobre comunidade LGBTQIAP+

Na entrevista, ele disse que era “simpatizante” da causa, mas que não se via escrito na testa: “Sou gay”

O ator Reynaldo Gianecchini, de 50 anos, usou suas redes sociais para se pronunciar após ter sido alvo de ataques por uma declaração sobre a comunidade LGBTQIAP+ no programa Conversa com Bial, do apresentador Pedro Bial. Na entrevista, ele disse que era “simpatizante” da causa, mas que não se via escrito na testa: “Sou gay”.

Após as críticas, Reynaldo Gianecchini explicou em um vídeo publicado no Instagram que jamais diria que não é parte da comunidade LGBTQIAP+, e que sempre se considerou, no mínimo, simpatizante da causa. Ele ainda afirmou que já expôs, dentro do possível, sua sexualidade fluida em diversas ocasiões.

+ Cantor Vitão, aos 23 anos, será pai pela primeira vez

No entanto, o ator relatou que demorou para se adentrar na comunidade LGBTQIAP+, por medo de ser atacado, uma história bem como no Brasil. Ele explicou que seu intuito ao falar sobre isso na entrevista foi relatar a situação, pois acreditava que muitas pessoas poderiam se identificar com ele.

 

 

Reynaldo Gianecchini está atualmente em cartaz em São Paulo com a peça A Herança, de temática gay, e ressaltou que seu trabalho exalta a comunidade LGBTQIAP+. Apesar disso, a declaração gerou críticas de fãs nas redes sociais, que afirmaram que não é preciso gostar de balada ou frequentar a Parada para ser gay.

 

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira
Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.