Gabigol é suspenso por dois anos por fraude em exame antidoping

TAG Notícias

Gabriel Barbosa, popularmente conhecido como Gabigol, enfrenta uma suspensão de dois anos por fraude em exame antidoping. O veredito, proferido nesta segunda-feira, encerrou um julgamento iniciado na semana passada. A pena, que teve início a partir da coleta do exame no ano passado, se estende até 8 de abril de 2025, podendo ser contestada por meio de recurso.

A sessão da Justiça Desportiva Antidopagem, que durou pouco mais de duas horas, culminou na decisão de considerar Gabigol culpado. Apesar da participação do jogador durante o julgamento desta segunda-feira, a decisão foi favorável à punição por uma margem estreita de 5 votos a favor e 4 contra.

Leia também: Condenado por estupro, Daniel Alves é solto após pagar fiança

As acusações contra Gabigol envolvem a tentativa de dificultar a realização do exame antidoping. Relatos dos oficiais de coleta indicam um comportamento que se enquadra como “fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle”. Segundo os relatos, o jogador não cooperou com os procedimentos, ignorou os responsáveis pela coleta, e agiu com desrespeito durante o processo.

Ao responder por violação do artigo 122 do Código Brasileiro Antidopagem, que trata de fraudes em procedimentos de controle antidoping, Gabigol enfrenta uma suspensão de até quatro anos. A denúncia foi feita no final de 2023, e a defesa do jogador, apresentada em janeiro, incluiu evidências das câmeras de segurança do CT Ninho do Urubu.

Para mais atualizações sobre esse caso e outras notícias, siga a gente no Google News. Clique aqui

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 2091

Deixe um comentário