Forte chuva com vendaval deixa uma mulher morta, provoca alagamentos e queda de árvores na cidade de São Paulo

TAG Notícias

Vítima com deficiência física sofreu uma parada cardiorrespiratória após ter o carro submerso pela água

Segundo a CET, às 19h05, foi registrado 1.116 km de congestionamento na cidade de São Paulo. A forte chuva parou a cidade na tarde desta quarta-feira, 8, deixando todas as regiões em estado de atenção, provocando queda de árvores, alagamentos e carros boiando.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima que morreu estava em um carro que ficou submerso, em Moema, na Zona Sul de São Paulo. Ela foi retirada por duas equipes da corporação, que tentaram reanimá-la mas sem sucesso.

Já na Zona Leste, houve queda de granizo e na Zona Norte, homens ajudaram a retirar um carro de uma área alagada.

+ Tragédia: Estacionamento de shopping de Osasco desaba; local é amaldiçoado e já teve mortes

Ainda de acordo com a corporação, foram abertos 61 para enchentes, 66 chamados para quedas de árvores, e 13 para desabamentos.

Devido ao alto congestionamento, o rodízio de veículos foi suspenso.

Diversas ruas e avenidas ficaram intransitáveis em Itaquera, São Miguel Paulista, Vila Mariana, Vila Prudente e outros bairros. Entre essas, estão importantes avenidas como a Av. 23 de Maio, Av. das Nações Unidas, Av. Nove de Julho e Av. Anhaia Mello.

 

 

 

 

Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 1069