Fake News bolsonarista diz que cantora do ABBA é ‘juíza renomada’ que alega fraude nas eleições

Cantora do famoso grupo ABBA virou vítima de fake news criada por bolsonaristas, onde apontam uma suposta fraude nas eleições de 2022.
TAG Notícias

Fake News transformou cantora em juíza renomada

Agnetha Fältskog, cantora do grupo sueco ABBA, virou uma vítima das fake news criadas por alguns grupos de apoiadores do presidente derrotado, Jair Bolsonaro (PL). Um vídeo compartilhado nas redes socais coloca Agnetha como uma “renomada juíza sueca”.

+ Lula tenta desbloquear valor milionário de herança deixada Marisa que está retido desde a Lava Jato

Uma legenda falsa também traduz a fala de “Anna”, indicando que a “juíza” teria questionado o resultado das eleições e citando indícios de fraudes em um programa de televisão.

“As pessoas são vencidas pelo medo, como algo estranho que tem acontecido no Brasil com a reeleição do Presidente Bolsonaro. É realmente duvidoso um presidente tão popular ser o primeiro a não se reeleger, principalmente com indícios tão claros de fraudes no sistema eleitoral brasileiro”, teria dito a tal “magistrada sueca”, de acordo com a notícia fake news criada por bolsonaristas.

+ Após demissão de Augusto Nunes, Ana Paula Henkel deixa a Jovem Pan

Mas logo a verdade apareceu. A entrevista em questão aconteceu em 2013, onde Agnetha participar de um programa sueco chamado “Skavlan”. No trecho recortado para a fake news, a cantora de 72 anos falava sobre a sua vida pessoal e carreira, e não sobre eleições no Brasil que só aconteceriam 9 anos depois.

Veja o vídeo:

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1763