Desaparecimento: Crianças somem após entrarem no mar sozinhas em praia do Guarujá; Bombeiro faz busca

TAG Notícias

No litoral do Guarujá, a preocupação se intensifica enquanto o Corpo de Bombeiros empreende esforços incansáveis para localizar duas crianças, de 12 e 15 anos, desaparecidas desde a noite do último domingo (31/3), na Praia das Pitangueiras. Testemunhas relatam que as crianças, acompanhadas por um grupo, adentraram o mar após chegarem de bicicleta, porém apenas duas retornaram à costa.

Leia também: Empresário provoca acidente, mata um e abandona Porsche de R$ 1 milhão

O caso torna-se ainda mais angustiante com a informação de que uma das crianças desaparecidas é sobrinho do terceiro membro do grupo, um garoto de apenas 9 anos, que, corajosamente, colaborou com as autoridades fornecendo detalhes cruciais para as buscas e auxiliando na localização dos familiares.

“Permanecemos por cerca de 2 horas na água, realizando buscas incansáveis, contando com o apoio de uma de nossas lanchas. Infelizmente, nada foi encontrado. Iniciaremos as buscas ao amanhecer, na manhã desta segunda-feira. A viatura do policiamento acompanhou as crianças até suas residências para o contato com seus familiares”, declara um dos bombeiros do Grupamento Marítimo.

Alerta de desaparecimento: A comunidade se mobiliza

A comunidade do Guarujá está mobilizada, compartilhando informações e esperançosa por um desfecho positivo. Enquanto isso, um triste desfecho marcou outro caso na região: o corpo de um adolescente de 17 anos, desaparecido desde o último final de semana, foi encontrado boiando em Bertioga. Felipe dos Santos Barreto, residente em Mogi das Cruzes, foi arrastado pela correnteza enquanto se banhava no mar com um amigo.

Embora o corpo ainda precise ser formalmente identificado pela família no Instituto Médico Legal (IML) de Caraguatatuba, as características físicas, incluindo tatuagens, são consistentes com as do adolescente desaparecido.

A importância da prevenção e vigilância nas praias

Situações como estas reforçam a importância da vigilância constante ao frequentar as praias, especialmente quando se trata de crianças e adolescentes. Acompanhamento responsável e conhecimento dos riscos são fundamentais para evitar tragédias como estas.

Siga a gente no Google News para se manter informado sobre este caso em tempo real e outras notícias relevantes. Siga a gente no Google News

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1561

Deixe um comentário