Depois de critica a Bolsonaro, Lula coloca sob sigilo informações sobre a festa da posse

TAG Notícias

Mais uma vez, o atual presidente Lula entra em contradição

Depois de se beneficiar do orçamento secreto, que foi muito criticado por ele durante sua campanha eleitoral contra Jair Bolsonaro, Luís Inácio Lula da Silva (PT) tornou sigilosas as informações sobre a festa de sua posse.
O evento contou contou com 3.500 pessoas, além do cardápio assinado por chefs renomados.

+ Preço da gasolina aumenta em 24 dias de governo Lula e brasileiro vai sentir no bolso

 

Segundo o governo federal, a lista de convidados não será divulgada porque as informações podem colocar em risco a segurança da família presidencial.
A mesma justificada foi usada pelo ex-presidente Bolsonaro, no sigilo de cem anos, que também foi bravamente criticado por Lula.

Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 1071