De mocinho a vilão: Manoel Soares pode sair da Globo após ser acusado de assédio

TAG Notícias

Apresentador do ‘Encontro’, Manoel Soares está passando por uma fase conturbada em sua vida

Após Patrícia Poeta ser massacrada nas redes sociais por interromper o apresentador Manoel Soares com quem divide o palco do programa Encontro na Globo, agora é ele quem está envolvido em uma grave polêmica.

Visto como ‘insuportável’ pela equipe e segundo informações do ‘Fofocalizando’, do SBT, funcionários que trabalham na produção da emissora, de forma unânime, não vão com a cara de Manoel.

“Encontrei com ele (Manoel) algumas vezes. Ele não é tão carismático como demonstra na TV. Me passou um ar sério e cara poucos amigos. Acredito que ele seja um personagem no ar”, disse uma fonte que quer manter a sua identidade preservada.

+ Caso Dalai Lama: Líder tibetano diz que beijo de Dalai Lama em menino foi ‘comportamento inocente de avô’

Acusado de assédio

Segundo a colunista Fábia Oliveira do Metrópoles, Manoel Soares está sob nova investigação por alegações de assédio.

A investigação foi reaberta pelo departamento de Recursos Humanos da Globo, depois que o caso havia sido suspenso pelo ex-diretor Ricardo Waddington.

A apuração contará com depoimentos de testemunhas que já fizeram acusações contra Manoel, inclusive colaboradores que não trabalham mais na equipe.

As alegações remontam à época do programa ‘É de Casa’, há cerca de três anos. Se as acusações forem confirmadas, o contrato de Manoel com a Globo pode ser cancelado por justa causa, devido às normas internas da emissora que condenam assédio sexual, moral e racismo.

Procurado, Manoel Soares disse que não irá se pronunciar.

Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 977