Centro-Oeste/Norte são as regiões que mais ofereceram postos de trabalho para micro e pequenas indústrias

indicadores positivos

A 12ª edição da Pesquisa Indicador Nacional de Atividade da Micro e Pequena Indústria, realizada pelo instituto Datafolha a pedido do Sindicato da Micro e Pequena Indústria (SIMPI), apresenta uma análise abrangente do cenário econômico enfrentado pelo setor durante o mês de março de 2024. Em meio a desafios, a região Centro-Oeste/Norte destaca-se com indicadores positivos, sendo a região que mais ofereceu postos de trabalho.

Leia também: GPT-4o: OpenAI anuncia novo modelo de IA mais rápido e focado na conversação por áudio em tempo real

No índice de contratações e demissões, região Centro-Oeste/Norte destacou-se como a líder na abertura de vagas, contribuindo com 19% do total nacional. Além disso, essa região representa 23% das novas contratações, consolidando-se como a área com maior atividade de contratação. Em relação às demissões, observou-se que a região ficou ligeiramente abaixo da média nacional, registrando 18%.

No último mês, a avaliação do capital de giro a nível nacional aponta para uma perspectiva negativa, com 45% das empresas relatando capital de giro insuficiente, enquanto apenas 10% desfrutam de uma situação confortável, com mais do que o suficiente. Na região Centro-Oeste/Norte, embora 17% declarem ter mais do que o suficiente, a maioria ainda enfrenta dificuldades, com 45% relatando capital de giro insuficiente.

Outro fator crucial para a sobrevivência das empresas é o desempenho dos parceiros na cadeia produtiva. A nível nacional, 10% das empresas tiveram fornecedores que faliram ou entraram em recuperação judicial nos últimos três meses, enquanto 18% enfrentaram situações semelhantes com clientes empresariais. Na região Centro-Oeste/Norte, apenas 8% enfrentaram falências de fornecedores, mas 21% tiveram clientes empresariais nessa situação.

Receba nossas notícias em tempo real no whatsapp

A região Centro-Oeste/Norte se destaca positivamente no Índice de Satisfação Macroeconômica das MPIs, enquanto a média nacional caiu de 104 para 98 pontos, alcançando o campo pessimista. Na região em questão, o índice atingiu 111 pontos, a maior média entre todas as regiões, situando-se no campo positivo do índice, que varia de 0 a 200 pontos. Além disso, nos componentes desagregados, a região demonstra maior satisfação com o ambiente empresarial local.

Sobre a pesquisa

Siga a gente no Google News para ficar por dentro das últimas notícias!

Pesquisa encomendada pelo SIMPI e realizada pela Datafolha, o Indicador Nacional de Atividade da Micro e Pequena Indústria, mostra a situação real da categoria. A coleta de dados ocorreu entre os dias 12 e 28 de março de 2023, foram realizadas 715 entrevistas.

Para consultar outros dados da 12ª edição da Pesquisa do Indicador Nacional de Atividade da Micro e Pequena Indústria, por favor, entre em contato com a equipe de Assessoria de Imprensa.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1879

Deixe um comentário