Carmen Lúcia enfrentará desafios com desinformação e Inteligência Artificial no TSE

eleições

A ministra Carmen Lúcia está prestes a assumir a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sucedendo a Alexandre de Moraes. Com a proximidade das eleições municipais de 2024, ela enfrentará desafios significativos, incluindo o combate à desinformação na internet e o impacto da inteligência artificial (IA) no cenário eleitoral.

Leia também: Guaíba deve passar dos 5 m e ápice pode acontecer até quarta

O fenômeno da desinformação, que já afetou eleições passadas, ganha novas dimensões com o uso cada vez mais disseminado de ferramentas de IA. O TSE aprovou regulamentações para lidar com esse desafio, lideradas pela própria Carmen Lúcia, visando garantir a normalidade e a transparência do pleito.

Além disso, a ministra tem destacado a importância do respeito às mulheres na política, promovendo a igualdade de gênero e defendendo uma maior participação feminina nos espaços de poder.

Receba nossas notícias em tempo real no whatsapp

Essa será a segunda vez que Carmen Lúcia assume o comando do TSE, após sua primeira presidência entre 2012 e 2013. Agora, ela enfrentará um cenário marcado pela polarização política e pela disseminação de fake news, enquanto busca garantir a lisura e a legitimidade do processo eleitoral.

Siga a gente no Google News para se manter atualizado sobre as últimas notícias e informações importantes sobre o cenário eleitoral brasileiro!

 

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1924

Deixe um comentário