Camila Pitanga nega ser bissexual: “vivi um amor, e não uma sexualidade”

Atriz abre o jogo sobre relacionamento e diz não se considerar bi
TAG Notícias

Atriz abre o jogo sobre relacionamento e diz não se considerar bi

A atriz Camila Pitanga, 45, abriu o coração e falou sobre sexualidade ao relembrar dos relacionamentos que viveu.

Foto: Reprodução / Youtube

A famosa contou que não se considera bissexual, embora tenha mantido um romance por dois anos com Beatriz Coelho. As declarações foram feitas durante a sua participação como convidada do podcast “Quem Pode, Pod”, comandado por Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme, nessa terça-feira (6).

Foto: Reprodução

A filha de Antônio Pitanga afirmou não ter orientação sexual definida: “Se me cobrarem agora um nome, uma ‘caixinha’, eu não me daria nome como bissexual. Estou em movimento, estou vivendo. Mas, politicamente, entendo a importância de dizer isso. Minha libido é aberta, adoro gozar e não vou abrir mão da minha liberdade porque as pessoas estranham”, afirmou ela.

A artista também falou sobre o momento em que o seu relacionamento com Beatriz Coelho foi revelado após mais de um ano juntas: “A gente vive ainda num país que tem dificuldade de entender que as pessoas possam ser livres e amar do jeito que quiserem. Diria que sempre fui uma heterossexual convicta. Não via essa possibilidade, não estava no meu radar. Não como um problema, mas no desejo. Libido é algo em construção, não é algo que nasce com você, formatado, e acabou. Você pode se desenvolver para o lado que quiser”, disse ela.

+ Reynaldo Gianecchini surge na cama de modelo gato só de cueca e identidade do rapaz é revelada

 

A atriz ainda descreveu o que para ela representou o seu relacionamento com outra mulher: “Acho que foi um lance de expansão. Primeiramente, de afeto, porque eu vivi um amor, e não uma sexualidade. Isso não era para ser uma missão, um panfleto. Claro que com a compreensão de que isso significava para muitas pessoas. Mas o dilema era que eu entendi uma responsabilidade sobre isso”, expôs.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 2015