Brasil terá onda de calor excepcional com 40º a 45ºC

TAG Notícias

A MetSul Meteorologia emitiu um alerta sobre um episódio excepcional de calor que se aproxima do Brasil nos próximos dias. Prevê-se que as temperaturas superarão em muito os valores médios históricos de temperatura máxima em todas as cinco regiões do país, com potencial para quebrar recordes, inclusive os absolutos para o mês de setembro.

Uma massa de ar extremamente quente se espalhará pelo Brasil nas próximas semanas. Embora o calor seja comum no Centro-Oeste e no Sudeste no mês de setembro, a segunda metade deste mês promete ser ainda mais intensa. A MetSul Meteorologia alerta para a severidade desse calor, que exigirá atenção das autoridades.

Leia também: Desenrola Brasil: Nova fase do programa de renegociação parcelará dívidas até R$ 5 mil

Vários estados sentirão um calor intenso a extremo, com temperaturas próximas ou acima dos 40°C. Essa onda de calor afetará estados como Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Rondônia, Amazonas, Pará, Tocantins, Bahia, Piauí e Maranhão.

Os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul devem enfrentar o pior do calor, com marcas acima de 40°C na maioria das cidades, podendo chegar a temperaturas extremas, especialmente na região do Pantanal e arredores. Nessa área, as temperaturas podem atingir valores excepcionais de 43°C a 45°C.

A expectativa é de que o calor atinja seu pico de intensidade entre o final desta semana e o início da próxima. Modelos numéricos indicam temperaturas de até 30°C no nível de pressão de 850 hPa, o que é típico de massas de ar extremamente quentes, semelhante ao que ocorreu no sudoeste dos Estados Unidos em julho deste ano.

Recordes Históricos Podem Ser Superados

O recorde de temperatura mais alta registrada oficialmente no Brasil foi de 44,8°C em Nova Maringá, Mato Grosso, em novembro de 2020, superando o recorde anterior de Bom Jesus, Piauí, de 44,7°C em 2005. No entanto, esse evento de calor extremo poderá quebrar recordes mensais e até absolutos para o mês de setembro em várias regiões do país.

A cidade de São Paulo é uma das áreas que podem testemunhar ou quebrar recordes de temperatura. A MetSul Meteorologia prevê muitos dias de calor intenso no estado de São Paulo, com temperaturas próximas ou acima de 40°C no interior e a possibilidade de marcas tão altas quanto 37°C a 39°C na capital.

O calor extremo tende a se concentrar no final da estação seca, em setembro e outubro, e não durante o verão, devido à compressão do ar e à alta pressão atmosférica. Esse padrão meteorológico cria uma bolha de calor que afeta diversas regiões do Brasil central.

Portanto, os próximos dias serão desafiadores para lidar com as altas temperaturas, e a população deve tomar medidas adequadas para se proteger do calor intenso. É importante estar ciente dos riscos à saúde associados a esse tipo de clima e seguir as orientações das autoridades locais.

 

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 2087