Com medo de ser preso, Bolsonaro tem crise feia de choro em jantar com Fábio Faria e Toffoli

TAG Notícias

Bolsonaro teve duas crises de choro após não aceitar fim de mandato

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), teve duas crises de choro durante um jantar de despedida oferecido por Fábio Faria, ex-ministro das Comunicações, há duas semanas.

Segundo informações do portal “Metrópoles”, o encontro teve a presença do ministro do STF, Dias Toffoli, sendo assim o último evento privado do ex-presidente com autoridades.

+ Desesperado com quebra de sigilo de 100 anos, Bolsonaro ameaça ir à justiça contra Lula

Bolsonaro ouviu mais do que falou durante todo o jantar. Segundo fontes do portal presentes no evento, o ex-presidente voltou a dizer que não quer ser preso de forma alguma e pediu para que seus filhos não serem perseguidores. Faria e Toffoli então recomendaram que Bolsonaro deixasse o Brasil após o mandato e que desencorajasse os atos terroristas dos seus apoiadores.

Bolsonaro então chorou durante o jantar em uma crise, mas seguiu os conselhos. Fez uma live no dia 30 de dezembro dizendo que nada justificava os atos terroristas e na mesma tarde pegou o avião presidencial rumo aos Estados Unidos onde se encontra até o momento com medo de ser preso.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1702