Logo
Virou notícia, virou Tag!
Rei do PIX

Bolsonaro recebeu PIX de R$ 17,2 milhões somente este ano, diz Coaf

Transações são atípicas e aponta relação com campanha para pagar multas

Facebook
Twitter
LinkedIn
Bolsonaro recebeu PIX de mais de r$ 17 milhões
Bolsonaro recebeu PIX de mais de r$ 17 milhões (Foto: Reprodução / Tag Notícias)

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) divulgou um relatório apontando movimentações financeiras atípicas na conta do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), totalizando R$ 17,2 milhões recebidos por meio de transações via Pix nos seis primeiros meses deste ano. Segundo o órgão, essas transações incomuns podem estar relacionadas à campanha de doações organizada em junho para quitar multas judiciais, incluindo aquelas relacionadas ao não uso de máscara durante a pandemia de coronavírus.

Em busca de esclarecimentos, ao jornal Folha tentou entrar em contato com o ex-secretário de Comunicação Social, Fábio Wajngarten, para obter um posicionamento de Bolsonaro, mas até o momento da redação deste texto, não houve resposta.

Leia também: Caixa começa a distribuir lucro bilionário do FGTS aos trabalhadores; veja se é o seu caso

De acordo com o relatório do Coaf, apenas entre 1º de janeiro e 4 de julho, Bolsonaro recebeu mais de 769 mil transações via Pix, totalizando exatos R$ 17.196.005,80. Esse valor corresponde a quase toda a movimentação financeira do ex-presidente no período, que foi de R$ 18.498.532.

TSE retoma julgamento de Bolsonaro e resultado pode sair nesta quinta-feira (foto: reprodução - Tag Notícias)
TSE retoma julgamento de Bolsonaro e resultado pode sair nesta quinta-feira (foto: reprodução – Tag Notícias)

O órgão responsável pelo relatório indica que tais transações atípicas possivelmente estão relacionadas com a campanha de doações realizada em junho, cujo propósito era arrecadar fundos para o pagamento das multas. Um bloqueio judicial de R$ 87,4 mil foi determinado pela Justiça de São Paulo devido ao não pagamento de uma das multas, mas posteriormente parte desse valor foi desbloqueado.

Relatório do Coaf

O relatório do Coaf fornece detalhes sobre os valores transferidos via Pix, incluindo uma lista de 18 pessoas e 3 empresas que efetuaram depósitos de R$ 5.000 a R$ 20.000 para a conta do ex-presidente. Essas pessoas incluem empresários, advogados, pecuarista, militar, agricultor, estudante e duas pessoas identificadas como “do lar”.

É importante ressaltar que as informações presentes no relatório foram enviadas para a CPI em 8 de janeiro, juntamente com dados de outras pessoas ligadas a Bolsonaro, que atualmente está sob investigação em várias questões criminais, a maioria relatada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

As informações sobre a chave Pix do ex-presidente foram divulgadas por parlamentares e ex-integrantes do governo, como Gilson Machado e Fábio Wajngarten, bem como pelo deputado estadual Bruno Engler (PL-MG).

No mês anterior, o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG), correligionário de Bolsonaro e eleito com o maior número de votos do país em 2022, solicitou que seus seguidores fizessem doações para ajudar Bolsonaro a pagar as multas e evitar retaliações do Poder Judiciário.

O relatório do Coaf também revela que Bolsonaro teve R$ 230.366 em proventos nos seis primeiros meses deste ano e um “bloqueio judicial” de R$ 30.698. Além disso, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve uma multa de R$ 90 mil contra Bolsonaro por propaganda irregular contra o presidente Lula (PT), então candidato.”

Daniel Vicente
Daniel Vicente
Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!