Ator da Globo conta que foi internado à força por Claudia Raia

O artista contou momentos de sua vida íntima em seu livro, que contou com o depoimento da atriz
TAG Notícias

O artista contou momentos de sua vida íntima em seu livro, que contou com o depoimento da atriz

O ator e ex-global Luiz Fernando Guimarães surpreendeu ao colocar, no seu livro autobiográfico, em seu lançamento, que foi internado à força pela sua amiga e colega de cena Claudia Raia. Com o suporte do seu marido Adriano Medeiros, Claudia Raia e o esposo de Luiz Fernando Guimarães combinaram de passar um fim de semana em um SPA, mas retiraram o celular dele para não desconfiar.

Foto: Reprodução / Instagram

Luiz Fernando Guimarães, na verdade, foi levado para uma clínica de reabilitação, por excesso de exagerado de álcool.

“Tive que ajudar a interná-lo em uma clínica de reabilitação, contra a vontade dele, para tratar o abuso de bebidas alcoólicas. Foi um momento difícil para mim, por ouvir que ele não queria”, disse a atriz em depoimento dado para ajudar no livro do ator.

+ Após internação por surto, Andressa Urach aparece pela primeira vez em vídeo

 

Luiz Fernando Guimarães também revelou sobre seu consumo de drogas quando era mais jovem. Como uma boa parte da minha geração, experimentei muitas drogas. “Uma vez, tomei um ácido que me levava para o céu, parecia a aurora boreal. Mas a bebida é complicada. Eu comecei a abusar mesmo. A bebida me fazia chorar, eu sofria muito. E percebi que o álcool me separou de muitos amigos. A bebida me deixou com uma vida abandonada”, contou.

Apesar de toda a ajuda de seus amigos, o ator continuou ingerindo álcool após a sua hospitalização, e só conseguiu dar um controle a sua situação consigo mesmo. “Sei também que aquela internação não deu certo. E eu continuei a beber, mas passei a entender o problema mais profundamente. O alcoolismo no meu caso é uma doença hereditária. Quando você menos espera, já está bêbado”, começou. “Parei de beber só quando eu quis realmente. Eu estava no caminho de me tornar uma pessoa debilitada e destruída. E eu não queria. Mas, até hoje, entendo que é algo sob controle, é uma doença. E que ‘só uma dose’ pode causar um efeito enorme”, finalizou o artista.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 2007