Fábio Porchat, após ser detonado por defender Léo Lins, recua e diz que foi irresponsável

Em um novo pronunciamento, Porchat compartilhou suas reflexões após conversar com diversas pessoas sobre o assunto
TAG Notícias

Em um novo pronunciamento, Porchat compartilhou suas reflexões após conversar com diversas pessoas sobre o assunto

Após receber críticas nas redes sociais, o humorista Fábio Porchat, de 39 anos, decidiu retirar seu apoio ao comediante Léo Lins nesta sexta-feira, 26. Em um novo pronunciamento, Porchat compartilhou suas reflexões após conversar com diversas pessoas sobre o assunto.

+ Ator é detonado após Paulo Vieira expor que foi ameaçado ao dar nota no ‘Dança dos Famosos’

“Li muitas coisas, recebi várias mensagens e conversei com muitas pessoas incríveis. Entendi perfeitamente as reações. Minha intenção nunca foi defender um humor racista. Sempre busquei apoiar um humor que não causasse dor, que não ferisse”, afirmou Porchat em uma postagem no Instagram.

 

 

O humorista também ressaltou que, como alguém com visibilidade, deveria ter abordado o assunto com mais cuidado e escolhido melhor suas palavras. “Eu só queria falar sobre liberdade de expressão”.

A controvérsia teve início alguns dias atrás, quando Léo Lins teve um especial de comédia retirado do ar pela Justiça devido ao teor racista das piadas. Na ocasião, Porchat defendeu Lins e classificou a decisão como censura.

 

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 2097