Antônia Fontenelle é condenada a indenizar os irmãos Neto em mais de R$ 100 mil

TAG Notícias

Justiça condena Antônia Fontenelle a pagar mais de R$ 100 mil por ligar Felipe Neto e Luccas Neto a pedofilia

Na 7ª Vara Cível do Rio de Janeiro, o juiz Samuel de Lemos Pereira emitiu uma sentença condenando Antônia Fontenelle a pagar mais de R$ 100 mil em danos morais para os irmãos Felipe Neto e Luccas Neto.

A acusação alega que Fontenelle usou trechos de vídeos dos irmãos em um vídeo de 2020 e os acusou de pedofilia.

O juiz afirmou que as falas dos irmãos foram retiradas de contexto e que a edição do vídeo foi feita de forma a imputar prática de conduta grave.

+ Angélica faz publi de vibrador e é detonada na web

O juiz também observou que Fontenelle já foi condenada criminalmente pelas mesmas acusações contra os irmãos. A sentença exige que Fontenelle pague R$ 50 mil para cada irmão, mais correção monetária, além de pagar os honorários advocatícios.

Ela também deve publicar uma retratação no YouTube, no mesmo espaço e pelo mesmo tempo do vídeo em questão, que já foi removido.

O advogado de Felipe Neto, Leonardo Ribeiro da Luz, enfatizou que a decisão é tecnicamente perfeita e bem-vinda, pois reconhece a ofensora, agora condenada civil e criminalmente, e a vítima de ofensas públicas e gravíssimas. Fontenelle ainda tem o direito de recorrer da sentença.

A sentença, dentre outras decisões recentes, em que também fomos vitoriosos, é tecnicamente perfeita e muito bem-vinda, porque restabelece as coisas aos seus devidos lugares. Reconhece quem é a ofensora, agora condenada civil e criminalmente, e quem é a vítima de ofensas públicas e gravíssimas”, destacou.

Débora Carvalho
Débora Carvalho

Uma apaixonada por histórias e uma contadora nata. Com base em Belo Horizonte, curso Jornalismo e alimento minha curiosidade incessante por notícias e cultura pop. Se você procura uma abordagem vibrante e envolvente, está no lugar certo!

Artigos: 1015