Adeus ao Koo: Rede social substituta do Twitter/X, anuncia fechamento das portas no Brasil

Triste fim

A rede social indiana Koo chegou ao fim. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (3) pelo fundador da plataforma, Aprameya Radhakrishna, em uma postagem no LinkedIn.

Assinando em conjunto com o cofundador Mayank Bidawatka, o executivo disse que o Koo enfrentou uma série de desafios desde sua fundação em 2020, sendo que agora não foi mais possível sustentar os custos de operação.

Leia também:  Furacão Beryl vai destruir a Jamaica: Tempestade está em nível 5 e já deixou vítimas

“Embora gostaríamos de manter o aplicativo funcionando, o custo dos serviços de tecnologia para manter um aplicativo de mídia social funcionando é alto e tivemos que tomar essa difícil decisão”, afirmou Radhakrishna.

Apesar de ser indiana, a rede social chegou a “viralizar” entre os brasileiros em ocasiões como a queda do X (ex-Twitter) e a venda da plataforma para Elon Musk.

Radhakrishna também mencionou que, diante das dificuldades, a Koo tentou explorar parcerias com empresas tradicionais do mercado de internet, conglomerados de mídia e outras companhias, mas os resultados não foram positivos.

“Exploramos parcerias com diversas grandes empresas de Internet, conglomerados e empresas de mídia, mas essas negociações não produziram o resultado que desejávamos. A maioria deles não queria lidar com conteúdo gerado pelo usuário e com a natureza selvagem de uma empresa de mídia social”, explicou.

Por isso, a única opção foi encerrar o aplicativo Koo.

No auge da empresa, em 2022, o Koo chegou a ter cerca de 2,1 milhões de usuários ativos diários e cerca de 10 milhões de usuários ativos mensais, sendo mais de 9 mil VIPs. No entanto, o humor do mercado mudou ao longo de 2023 e 2024, dificultando o acesso a financiamento confiável.

Aprameya Radhakrishna agradeceu aos usuários que acreditaram na Koo, aos desenvolvedores que trabalharam na plataforma, aos investidores que fizeram aportes financeiros e aos criadores de conteúdo. Ele encerrou sua postagem dizendo que “o passarinho amarelo diz seu último adeus”.

Não perca nenhuma notícia importante! Siga a gente no Google News e fique por dentro de todas as atualizações.

Daniel Vicente
Daniel Vicente

Sou um entusiasta da informação, natural de Brasília. Atualmente, mergulho nos estudos de Ciências Políticas. Aqui, você encontrará análises aprofundadas sobre política, economia e assuntos globais. Vamos explorar juntos o vasto universo do conhecimento!

Artigos: 1748

Deixe um comentário