90% dos casos de doenças oculares no Brasil são previsíveis e tratáveis

Dia da Saúde Ocular no Brasil alerta para os problemas oculares não detectados em tempo que afetam a qualidade de vida e podem resultar em cegueira
Dia da Saúde Ocular

Um estudo do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) aponta que mais de 1,5 milhão de pessoas sofrem com a cegueira no Brasil e segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 6,6 milhões de pessoas têm algum grau de deficiência visual.

Leia também: Petrobras Anuncia Aumento no Preço da Gasolina e Gás de Cozinha

Para evitar o agravamento desses números, o Dia da Saúde Ocular, celebrado em 10 de julho, alerta a população para a busca rápida de atendimento para a prevenção de doenças como a catarata, os defeitos refrativos (miopia, hipermetropia ou astigmatismo), a retinopatia diabética, a cegueira infantil e o glaucoma.

“Os problemas oculares não detectados precocemente afetam a qualidade de vida, o desempenho educacional, a produtividade, a participação na força de trabalho e contribuem para um quadro de depressão. A falta do diagnóstico e de tratamento correto podem levar à perda total da visão”, destaca o Dr. Cristiano Caixeta, oftalmologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

As principais causas de deficiência visual e cegueira são erros refrativos não corrigidos (miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia) e catarata, preveníveis e tratáveis com uma consulta ao oftalmologista e o devido diagnóstico. Uma pesquisa do Ibope, com apoio do CBO, apontou que 34% da população brasileira adulta nunca foi ao oftalmologista.

“A saúde ocular é crítica para a qualidade de vida e bem-estar do indivíduo. Cerca de 80% das informações que processamos e utilizamos no dia a dia vem da visão. Por isso, é muito importante visitar regularmente o oftalmologista”, explica o especialista que enfatiza: “É preciso ficar atento pois várias doenças oculares são assintomáticas”.

A deficiência visual afeta pessoas de todas as idades, sendo a maioria com mais de 50 anos, mas, crianças, jovens e adultos também têm apresentado cada vez mais problemas de visão devido ao uso prolongado de telas e com cada vez menos idade.

Cuidado com os Olhos

Segundo Caixeta, é fundamental cultivar hábitos saudáveis, como consumir mais peixe, não fumar, praticar exercícios físicos, manter o peso adequado e uma boa alimentação, para a saúde ocular em conjunto com a visita regular ao médico oftalmologista. Confira algumas orientações sobre como proteger os olhos:

  • Evite coçar os olhos;
  • Faça pausas. Evite ficar longos períodos na frente de telas;
  • Não use colírios sem recomendação médica. Alguns deles podem prejudicar a sua visão;
  • Proteja seus olhos. Isso vale para maquiagem vencida, sol em demasia e pequenos acidentes do dia a dia;
  • Use óculos ou lentes de contato apenas quando prescritos por médico oftalmologista;
  • Antes de colocar, ou, ao tirar as lentes de contato, lavar bem as mãos e higienizar as lentes com produtos indicados pelo fabricante. O estojo onde as lentes são guardadas também deve estar sempre limpo;
  • Use óculos de proteção ocular sempre que houver risco de algo atingir seus olhos;
  • Consulte seu médico oftalmologista regularmente! Alguns problemas oculares não apresentam sintomas e o diagnóstico precoce é fundamental.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), no mundo todo, cerca de um bilhão de pessoas sofrem com algum tipo de problema de visão que poderia ter sido prevenido ou tratado.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 2075

Deixe um comentário