8 de janeiro: PF prende mais três suspeitos em nova operação

TAG Notícias

Nesta quinta-feira (29), a Polícia Federal (PF) deflagrou a 25ª fase da Operação Lesa Pátria, resultando na prisão de três indivíduos. A ação visa desmantelar os responsáveis pelos atos golpistas que resultaram em depredações nas sedes dos Três Poderes em 8 de janeiro de 2023.

As prisões ocorreram no Distrito Federal e em São Paulo, com as medidas judiciais expedidas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Além das detenções, o magistrado determinou a indisponibilidade de bens e valores dos investigados, com prejuízos estimados em até R$ 40 milhões.

Leia também: Ladrões russos compraram mansão de R$ 10 mi da cantora Simone Mendes

Entre os presos estão Adauto Lucio de Mesquita e Joveci Xavier de Andrade, ambos atacadistas, acusados de financiar o acampamento bolsonarista em frente ao QG do Exército.

A PF cumpriu um total de 34 mandados judiciais, incluindo três de prisões preventivas e sete de monitoramentos eletrônicos, além de 24 de busca e apreensão.

A ação se estende por diversos estados brasileiros, como Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins.

Descubra o poder do CANVA com o melhor curso em vídeo, do básico ao avançado e alavanque suas redes sociais

Os crimes investigados pela Operação Lesa Pátria incluem dano qualificado, associação criminosa, golpe de estado, incitação ao crime, destruição e deterioração.

Para mais atualizações sobre esse e outros desdobramentos, siga a gente no Google News.

Sarah Oliveira
Sarah Oliveira

Uma amante das palavras em uma jornada incessante de descoberta. Originária de São Paulo, encontro nas nuances da linguagem minha paixão. Com formação em Comunicação, tenho o prazer de guiar você pelos intrincados caminhos das notícias, oferecendo uma perspectiva única sobre o que acontece no Brasil e no mundo.

Artigos: 1746

Deixe um comentário